SEBRAE, SENAI E SENAC: Como podem me ajudar? – FCAP JR. Consultoria

SEBRAE, SENAI E SENAC: Como podem me ajudar?

Você conhece instituições como o SEBRAE, SENAC e SENAI? São organizações dispostas a contribuir para o desenvolvimento e capacitação dos profissionais tanto na sua própria área de atuação ou até mesmo saber mais sobre determinado setor. Afinal, ninguém está 100% pronto para tudo, correto? Sempre é possível aprender mais, adquirir mais experiência, compreender as tendências e inovações que surgem a cada dia.

Foi justamente nesse viés que a FCAP JR. Consultoria decidiu falar um pouco sobre algumas das melhores opções de capacitação para o empreendedor no Brasil. Neste conteúdo, traremos algumas entidades com qualidades reconhecidas, em estrutura, gestão e, principalmente, no ensino.

 

MAS O QUE SÃO ESSAS INSTITUIÇÕES?

Existem, aqui no Brasil, diversas organizações de cunho muito similar, sem fins lucrativos e com o mesmo intuito: capacitar os profissionais. Nelas, é possível participar de cursos de capacitação com baixo custo (muitos são totalmente gratuitos!), uma vez que existe uma contribuição do Estado para isso.

Os cursos são disponibilizados de acordo com diversos critérios. É bastante comum, por exemplo, que uma mesma instituição oferte cursos diferentes de acordo com a região do país, pelas demandas particulares que cada território apresenta.

Vamos conhecer agora sobre essas organizações. Listamos três: SENAI, SENAC e SEBRAE.

1) SENAI:

O maior complexo de Educação Profissional da América Latina, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial existe desde 1942 e já formou mais de 70 milhões de trabalhadores brasileiros.

Para se ter ideia do tamanho da organização, ela possui 541 unidades fixas e 452 móveis, que vão até as pessoas desfavorecidas de educação profissional em sua região. Além dessas quase 1.000 unidades, o SENAI disponibiliza cursos online, permitindo que as pessoas se capacitem independentemente da distância.

A instituição fornece cursos para muitas áreas da indústria nacional, abrangendo desde uma fase inicial com cursos profissionalizantes até graduação e pós-graduação.

Algumas dessas áreas são: alimentos/bebidas, automação/mecatrônica, automotiva, construção civil e naval, energia GTD, energia renovável, gestão, logística, madeira e mobiliário, metalmecânica, meio ambiente, polímeros, refrigeração e climatização, segurança do trabalho, tecnologia da informação, telecomunicações, têxtil, transportes e vestuário.

 

2) SEBRAE:

A mais famosa dentre as instituições, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), é uma organização sem fins lucrativos. Criado em 1972, trabalha pelo desenvolvimento e educação da população por meio do empreendedorismo.

 

Atualmente, o SEBRAE está em todos os estados do país, totalizando mais de 700 unidades de atendimento em todo o Brasil. Além de cursos de capacitação, como o Empretec (o mais famoso e bem conceituado da organização), o SEBRAE auxilia os empreendedores a articular políticas públicas que tornem um ambiente mais favorável ao empreendedorismo, proporcionando o acesso do empresário a novos mercados e orientando o melhor meio de buscar ajuda no âmbito financeiro.

Empreendedorismo, planejamento, finanças, inovação, leis, mercado e vendas são alguns dos temas tratados em cursos da organização que possuem grande procura pelas pessoas de setores como: agricultura, alimentos/bebidas, artesanato, beleza, construção, móveis/decoração, mercado digital, moda, pecuária, petroquímico, saúde, turismo e mobilidade.

 

3) SENAC:

Criado em 1946, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, ou SENAC, também é uma organização sem fins lucrativos que busca qualificar os profissionais voltando-se para áreas como turismo (muito forte com idiomas) e comércio de bens e serviços.

O SENAC possui cursos de capacitação nas mais diversas áreas do conhecimento, de uma formação básica, cursos técnicos até uma pós-graduação, permitindo um planejamento de educação profissional constante. Assim como SENAI e SEBRAE, o SENAC está em todo o Brasil, dispondo de mais de 600 unidades espalhadas em todas as regiões do país.

Dentre as centenas de cursos que o SENAC oferece pelo país, algumas das principais áreas abordadas são: beleza, artes, comunicação, educação, gastronomia, gestão, idiomas, informática, meio ambiente, moda, saúde, segurança, turismo.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Por mais que você esteja executando muito bem suas funções, atingindo as metas e superando expectativas, não se acomode. Não há profissional que deva rejeitar capacitação, deve sempre existir espaço para aperfeiçoar o trabalho.

Agora que você conhece um pouco mais sobre algumas das instituições de ensino espalhadas pelo Brasil, não perca tempo. O aprendizado constante é fundamental para a evolução de qualquer profissional, independente da sua área de atuação.



Deixe uma resposta